segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

TV CLUBE E TV RECORD: Aprovados em concurso público realizam protesto solidário no Hemope




Candidatos concluíram o curso de formação para agentes penitenciários no ano passado, mas ainda não foram nomeados

Fevereiro 11, 2019 às 17:19 - Por: Redação OP9


Ser aprovado num concurso público é o sonho de muitos brasileiros, mas conseguir a classificação nos certames é apenas uma etapa de todo o processo. Isso porque, para a função de agente penitenciário, o candidato ainda deve passar por um curso de formação. Depois de aprovado nesses quesitos, vem a nomeação para, enfim, se tornar um servidor público. É justamente por esse problema que 202 candidatos – aprovados e formados no último concurso para agente penitenciário no estado – estão passando. Como forma de protesto solidário, o grupo esteve na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco, no bairro do Derby, nesta segunda-feira (11), para chamar a atenção para a causa e doar sangue ao hemocentro.



Cláudio José foi um dos aprovados que compareceram ao ato.

 Como não dava para conciliar o curso de formação com as atividades profissionais, ele teve que abandonar o emprego. “A gente abre mão de tantas coisas para realizar um sonho.

 Eu tive que abrir mão de um emprego de 13 anos numa grande cervejaria para poder fazer parte do curso de formação, que é em tempo integral, e infelizmente ainda não houve essa nomeação. O dinheiro acabou, e a gente começa a se preocupar, porque temos família, despesas. Hoje, estamos aqui no Hemope para fazermos esse ato para doarmos sangue ao estado para que o estado olhe para nós com mais carinho e resolva essa situação”, conta Cláudio José da Silva, candidato aprovado.

Pernambuco possui 1.503 agentes e, de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, o número teria que ser de pelo menos quatro mil servidores. Ainda segundo a entidade, a proporção ideal para o bom funcionamento do sistema é de cinco presos para cada agente.

 O órgão estima que a população carcerária em Pernambuco seja de 32 mil presos. O número representa 21 presos por servidor. “Esse pessoal foi o que terminou o nosso curso de formação e está à espera desde dezembro de 2018, quando o estado falou que iria nomear. O déficit do sistema penitenciário é imenso. Temos mais de 32 mil presos, uma proporção de 20 presos por agente, quando tem estado por aí que tem de quatro a cinco presos por agente. A resolução nacional estabelece cinco presos”, criticou o presidente do sindicato, João Carvalho.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário