quinta-feira, 27 de abril de 2017

PLACAR DA PREVIDÊNCIA: votos contra sobem para 217 e a favor continuam em 76


São Paulo, 26 - A atualização do Placar da Previdência, levantamento realizado pelo Grupo Estado com deputados, depois das mudanças anunciadas na proposta, mostra que o número de parlamentares contrários à reforma subiu para 217, enquanto o dos que são a favor continuam em 76.


Às 21h10 desta quarta-feira, 26, havia 53 indecisos; 160 não quiseram responder e 6 não foram encontrados. O Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, e o jornal O Estado de S.Paulo vão publicar atualizações do placar até a votação final da proposta.


Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/04/26/internas_economia,865325/placar-da-previdencia-votos-contra-sobem-para-217-e-a-favor-continuam.shtml


JORNAL ESTADÃO

O TESTE DA PREVIDÊNCIA

A reforma da Previdência será um teste importante sobre o funcionamento das instituições democráticas brasileiras. Hoje (26/4/17, quarta-feira), a pesquisa Pulso Brasil, realizada pelo Ipsos, apontou que o presidente Michel Temer alcançou o recorde de rejeição em seu governo, totalizando 87%. Apenas em março, o indicador subiu de 78% para 87%.
Pesquisas de popularidade presidencial variam em seus critérios e confiabilidade, e é prudente esperar que outros institutos confirmem essa nova e drástica piora da popularidade presidencial. Mas parece haver pouca dúvida de que Temer enfrenta uma quadra da política nacional em que a desaprovação popular ao governo atingiu níveis historicamente elevados.
Simultaneamente, indicadores como o Placar da Previdência, do Estadão, mostram que 217 deputados atestam que votarão contrariamente à PEC 287, e apenas 76 votarão a favor. Como é bem sabido, é preciso uma maioria de 3/5, ou 308 votos, para que a reforma da Previdência seja aprovada apenas na primeira das três votações a que será submetida na Câmara e no Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário