terça-feira, 4 de abril de 2017

NOTÍCIA DO G1

Vídeo mostra festa de detentos com mulher seminua em penitenciária de Pernambuco


Caso aconteceu na Penitenciária Barreto Campelo e imagens foram feitas por detentos. Nas imagens, há ainda garrafa de bebida. Secretaria já identificou presos, que devem ser transferidos.

Um vídeo com uma festa de detentos da Penitenciária Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, vem sendo compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver uma mulher seminua dançando. A autenticidade do vídeo foi confirmada nesta terça-feira (4) pela Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) e pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE). (Veja vídeo acima)

O vídeo compartilhado tem pouco mais de um minuto. No local, é possível ver uma televisão de tela plana e ouvir a música. Um homem aparece tirando a parte debaixo da roupa íntima da mulher, que está em pé em cima de uma cadeira, dançando cercada por homens. Ela provoca outros detentos, que gritam e tocam no corpo dela.

Quase no fim do vídeo, ela desce da cadeira e dança para um dos detentos, que está deitado. Nesse momento, outro preso bate no corpo da mulher. Além do homem que fez o vídeo, é possível ver ao menos mais um detento com o celular na mão, registrando a cena.

Segundo o Sindasp-PE, as imagens que caíram nas redes sociais foram feitas pelos próprios detentos. Pelo menos nove presos participam da festa, regada a algo que parece vinho. "O bagulho é doido", diz o detento responsável pelas imagens divulgadas.

A Seres afirmou, por meio de nota, que "após análise das imagens do vídeo, verificou que o material foi gravado no ano passado e os reeducandos e a visitante que aparecem nas imagens foram identificados". Os presos identificados vão ser transferidos e foi aberto um procedimento administrativo para investigar o caso. Além disso, a mulher deve ter a carteira de visitante recolhida.

Presidente do Sindasp-PE, João Carvalho afirma que a falta de efetivo é um dos motivos para que cenas como a do vídeo se repitam. "A falta de efetivo impossibilita a presença do Estado nos pavilhões para fiscalização e rondas, onde possibilitaria a prevenção destes ilícitos", apontou o presidente, em nota divulgada pelo sindicato.

FONTE:
http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/video-mostra-festa-de-detentos-com-mulher-seminua-em-penitenciaria-de-pernambuco.ghtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário