sábado, 4 de fevereiro de 2017

AGENTES PENITENCIÁRIOS REALIZAM PASSEATA EM ATO DE REPÚDIO AO HOMÍCIDIO COVARDE SOFRIDO PELO AGENTE PENITENCIÁRIO CHARLES DE SOUZA SANTOS E PELAS EXIGÊNCIAS DO CUMPRIMENTO DO ACORDO COLETIVO SALARIAL, CONVOCAÇÃO DE CONCURSADOS E REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO



O ato desta sexta foi convocado pelo Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária e Servidores de Pernambuco (Sindasp). 

Os  agentes penitenciários foram para à Corregedoria e ao Palácio do Governo, exigindo providências no caso do Homicídio do Comapnheiro Agente Penitenciário Charles Souza Santos. O caso já é tratado pela Polícia Civil como homicídio.

A Passeata  também foi por melhores condições salariais e de trabalho. Nas questões salariais está sendo exigido o cumprimento do acordo para implantação dos mesmos critérios aplicados aos Agentes de Polícia Civil, como enquadramentos e tabela da civil (nova). A Passeata também teve pautas como a necessidade de convocação de 200 (duzentos) concursados que estão com processos judiciais em trâmite, bem como a necessidade para publicação do Edital do novo Concurso público.

                                         Protocolo de entrega na Corregedoria para punição de policiais envolvidos no Homícidio

No Palácio do Governo a Comissão de Agentes Penitenciários formada por membros da Diretoria do Sindicato, membros da base, de concursado e familiares da vítima participaram de uma reunião. No encontro foram cobrados todos os tópicos da pauta do acordo e do documento protocolado, que tratava dos itens acima citados.

O Presidente do Sindicato João Carvalho foi incisivo nas cobranças e que seria realizada uma Assembléia Geral, e caso o Estado não cumprisse o Estabelecido iriam ser realizados mobilizações, pelo motivo que a categoria quer tramento igualitário e exige o cumprimento do acordo assinado.

Reunião com o Secretário-Executivo de Relações institucionais: Tarcísio Ribeiro e o Chefe de Gabinete da Casa Civil Danilo Morais e a Comissão de Agente Penitenciários. 

O Sindicato informa que faz necessário a categoria comparecer em massa na próxima Assembléia Geral dia 21 de fevereiro de 2017, às 17:00 h, no auditório Edifício Círculo Católico. Informamos que o Sindicato está negociando e em trâmite questões salariais no modelo tratado acima, bem como na questão para  publicação do Edital do Concurso. Porém, a categoria tem que comparecer a Assembléia e ficar unida para conseguirmos o objetivo alcançado.  A Categoria tem que está em peso, pois nada se consegue sem luta e união.




Todos sabem que existe um acordo assinado com o Estado e a categoria unida conseguirá a sua efetivação. E só existe um meio de conseguir é comparecer a Assembléia Geral.

O Sindicato informa que irá realizar mobilizações, caso seja necessário.

COMPAREÇAM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário