segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Reajuste na Tabela da Taurus do Brasil para Compra de Armas e Munições



Em comemoração aos seus 76 anos, a Empresa Taurus do Brasil procurou o Sindasp-PE (Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco) para realizar um projeto coletivo beneficiando os Agentes Penitenciários sindicalizados que tenham interesse em participar do processo para aquisição de revólveres e pistolas por um valor diferenciado e bem abaixo dos praticados no mercado.

Os Agentes Penitenciários que se interessarem em adquirir uma arma de alta qualidade, por um preço promocional, deverão comparecer à sede administrativa do Sindasp-PE ou encaminhar para o e-mail sindasppecontato@gmail.com para iniciarmos as formalidades e procedimentos necessários para a compra.

Só terá direito aos preços abaixo  previsto na tabela o agente sindicalizado, com o período  mínimo de 60 (sessenta) dias de filiação. 

O sindicalizado, primeiramente terá que seguir os seguintes procedimentos para serem inseridos no grupo que será contemplado:

1 - Solicitar e preencher requerimento com o pedido de autorização para compra de uma arma de uso restrito;
2 - Entregar cópias da carteira funcional, Nada Consta da Corregedoria e Nada Consta Criminal da Justiça Estadual e Federal (via internet);

3 - Entregar cópia autenticada do laudo de capacitação técnica para o calibre respectivo da arma de uso restrito e laudo psicológico. 

Procedimentos que o sindicato realizará:

Após estas formalidades, o Sindasp-PE preencherá o pedido de autorização consolidado e encaminhará à Secretaria de Ressocialização para ter o parecer favorável. Colocará a planilha em cds, e encaminhará os anexos conjuntamente:

Procedimentos que o setor responsável da SERES realizará:

O setor responsável da SERES analisará a documentação para depois emitir na planilha encaminhada pelo sindicato, se é favorável ou contrário ao cadastro de algum servidor. Após esta análise, o setor da SERES emitirá e assinará a planilha e encaminhará ao Exército Brasileiro, através de ofício, o pedido de autorização para a compra do modelo e tipo da arma.

Com o parecer emitido favorável pela Secretaria será comunicado ao Sindicato para emissão da GRU.

Após esse procedimento será emitida uma GRU pela Taurus, no valor especificado, que deverá ser paga no Banco do Brasil. Por fim, o agente sindicalizado enviará uma cópia do comprovante de pagamento e nos informará sobre o(s) modelo(s) de arma(s) e o(s) calibre(s) desejado(s), para serem anexadas em toda a documentação.

Procedimentos que o Exército Brasileiro realizará:

Após o encaminhamento da instituição (Secretaria) o Exército analisará toda a documentação para emissão da autorização. feita a análise, os documentos serão encaminhados à Secretaria, que depois encaminhará ao sindicato, para a compra e aquisição junto a Taurus.
_________________________________________________________________________________


Observações:

Sendo realizada a entrega da cópia da Identidade Funcional bem como do pagamento da GRU no Banco do Brasil, enviaremos para a representante da Taurus em Pernambuco o comprovante de pagamento com a cópia do documento do Agente Penitenciário. Feito isso, o prazo para a autorização do Exército é de três até quatro meses. A autorização sendo favorável, o Agente Penitenciário será encaminhado à empresa responsável pela Taurus aqui no Estado de Pernambuco para assinar o contrato e solicitar a arma do calibre desejado. 

Click na foto

Nenhum comentário:

Postar um comentário