sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

PRESIDENTE DO SINDASP-PE JOÃO CARVALHO PROCURA O MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO PARA FORMALIZAR QUE A PARTIR DE AGORA FUTUROS GESTORES ESTÃO OBRIGADOS A PRESTAR CONTAS, PODENDO O SINDICATO SOFRER SANÇÕES E A DIRETORIA ATUAL E FUTURAS

 O Presidente do Sindasp-PE João Carvalho procurou o Ministério do Trabalho e Emprego e formalizou documento, onde toda Diretoria do Sindicato atual e futura, bem como a instituição Sindicato poderá ser responsabilizada civilmente e criminalmente. Agora a gestão está obrigada a encaminhar ao Ministério do Trabalho a aprovação da Prestação de Constas. Caso não seja realizada a prestação de contas anual a partir de agora, tais gestores serão responsabilizados criminalmente ou civilmente.

Isto foi feito para proteção da categoria e Entidade, pois gestões anteriores não realizavam a prestação de contas formais continuamente.

Neste último dia 25 de fevereiro de 2016 foi aprovada a prestação de contas na Assembléia Geral, convocada desde 18 de novembro de 2015, e amplamente divulgada.

Nesta Assembléia, o Presidente João Carvalho mostrou transparência e compromisso com a categoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário