segunda-feira, 10 de agosto de 2015

NOTÍCIAS DO G1

Presídio no Agreste é cuidado por um agente e chefe de plantão, diz Sindasp

Sindicato verificou situação em Santa Cruz do Capibaribe no dia 31 de julho.
Assessoria da Seres nega informação e afirma que haviam mais pessoas.

.

Livro de passagem de serviço do Presídio de Santa Cruz do Capibaribe no dia 31 de julho (Foto: Divulgação/ Sindasp-PE)
,

Livro de passagem de serviço no dia 31 de julho registrava apenas dois servidores (Foto: Divulgação/ Sindasp-PE)
.

O Presídio de Santa Cruz do Capibaribe tem apenas um chefe de plantão e um agente, segundo relata o Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco (Sindasp-PE), após uma fiscalização no dia 31 de julho. A assessoria de imprensa da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) afirma que no dia da fiscalização "estavam trabalhando o chefe de plantão, mais dois agentes plantonistas, além de cinco profissionais na área administrativa e o diretor".

O presídio tem 13 detentos atualmente e, para o sindicato, o ideal seria a existência de pelo menos seis agentes penitenciários. De acordo com o presidente do Sindasp-PE, João Carvalho, a unidade presional tem outros problemas além da falta do efetivo. "Não há equipamentos para revistas, como por exemplo, portão eletrônico. Também não há viatura e falta advogado, enfermeiro e assistente social. Além disso, só uma guarita estava ativada com um policial militar, as outras três estavam sem ninguém".

Em nota, a assessoria de imprensa da Seres relata ainda que os novos equipamentos de segurança estão em fase de aquisição. "Os novos equipamentos, a exemplo de novos detectores de metais portáteis, deverão chegar até o fim do mês de agosto. A secretaria também está no aguardo de novos equipamentos que serão doados pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen)". A aquisição de viatura também é prevista até o fim de agosto.
.
Já em relação às guaritas, a assessoria da Seres informou que a responsabilidade é da Polícia Militar. O departamendo de Comunicação desta corporação, por sua vez, comunicou por telefone que a unidade dispõe de três guaritas, uma frontal e duas na parte de trás. "Temos desconhecimento de haver apenas um policial militar de serviço no presídio. Conforme o comando do 24º BPM [Batalhão de Polícia Militar] - em Santa Cruz do Capibaribe - o efetivo, inclusive, é submetido a permanentes instruções e aprimoramento", finaliza a PMPPE.
.

Inauguração
.

O presídio foi inaugurado em julho e conta com 22 celas com capacidade total para acolher 186 reeducandos de municípios como Jataúba, Toritama, Taquaritinga do Norte e Brejo da Madre de Deus, todos na mesma região

FONTE: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário