terça-feira, 17 de março de 2015

Matéria do Diario de Pernambuco fala sobre a situação dos 147 concursados que ainda não foram chamados

Leia aqui no Diario de Pernambuco


Manifestação »Aprovados em concurso para agente penitenciário exigem convocação em protesto no PalácioGrupo promete novos atos nas próximas semanas

Publicação: 17/03/2015 16:03 Atualização: 17/03/2015 17:05



      Foto: João Velozo/Esp. DP/D.A Press




Cerca de 50 aprovados no concurso para agente penitenciário protestaram, nesta terça-feira (17), em frente ao Palácio do Governo, no Centro do Recife. Com faixas, apitos e narizes de palhaço, os manifestantes reivindicaram a entrada de profissionais no sistema prisional do estado. Segundo os concursados, 360 pessoas foram aprovadas no certame de 2009, mas apenas 126 foram convocados para o trabalho.



"Fizemos todos os exames e passamos por toda a burocracia de entrada, só ficou faltando o curso de formação", afirma Fábio Tavares, concursado que ainda não ingressou no posto de agente. "Alguns de nós chegaram a deixar os empregos acreditando que o estado iria chamar", reclamam os manifestantes.

Segundo o representante do Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco (Sindasp-PE), João Batista Carvalho, há quase 150 pessoas aptas a exercer o cargo de agente penitenciário, mas que ainda não assumiram o posto.

"O estado tem um déficit de 4,7 mil agentes e declarou estado de emergência no sistema penitenciário. Além disso, todo dia encontram armas brancas, drogas e celulares nos presídios. Estamos aqui para reivindicar a entrada desses profissionais", alega Carvalho. Os manifestantes ainda prometeram realizar outros atos públicos pacíficos na próxima semana.

Por meio de nota oficial, a Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD), responsável pela contratação de novos profissionais no estado, afirmou que 500 vagas foram ofertadas no certame de novembro de 2009. Depois do curso de formação e da homologação do concurso, foram nomeados 1,2 mil candidatos. A SAD ainda informou que, em razão da Lei de Responsabilidade Fiscal, não estão previstas contratações de novos servidores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário