sábado, 20 de dezembro de 2014

SINDASP DENUNCIA PARA A IMPRENSA E AUTORIDADES AS IRREGULARIDADES DA PORTARIA NA QUESTÃO DA REVISTA ÍNTIMA VEXATÓRIA. SOLICITOU PROVIDÊNCIAS PARA SUSPENSÃO DA PORTARIA AO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, AO MINISTÉRIO PÚBLICO, DEPEN E CNPCP, BEM COMO INGRESSARÁ COM AÇÃO JUDICIAL PARA GARANTIR AS CONDIÇÕES DE TRABALHO

O SINDASP-PE  concedeu entrevista a imprensa sobre a publicação da Portaria da SDSDH nº 258/2014 que trata sobre a proibição da revista íntima Vexatória. Na entrevista relatou sobre as irregularidades e vícios da Portaria da Secretaria, pois não segue a Resolução nº 05/2014, do Conselho Nacional de Política Criminal  Penitenciária, em sua totalidade.

A Portaria do jeito que se encontra não dar a mínima condição de trabalho ao Agente Penitenciário. A Resolução do CNPCP  nº 05/2014, prevê a utilização de scanners corporais, que não existem nas Unidades Prisionais, bem como as máquinas de raio x atuais que estão quebradas. Àquelas poucas Máquinas de raio x existentes estão quebradas e não tem manutenção. Lembrando que as máquinas de raio x existentes, não são para revista íntima.

O Sindicato denunciou e encaminhou expediente para o Ministério da Justiça, DEPEN, CNPCP e  Ministério Público solicitando a suspensão da Portaria pela ilegalidade da imposição sem dar condições de trabalho, previstas na Resolução do CNPCP nº 05/2014. 

Além destas providências estamos ingressando com ação judicial para a referida suspensão da Portaria.

O Documento abaixo é um dos encaminhamento realizado.


VEJA ABAIXO 
A ENTREVISTA CONCEDIDA 
PARA A TV RECORD E TV CLUBE 





ENTREVISTA REALIZADA PELA RECORD E TV CLUBE E QUE PASSOU NO JORNAL DA CLUBE E NA RECORD






Nenhum comentário:

Postar um comentário