segunda-feira, 29 de setembro de 2014

ENTREVISTA NA RÁDIO: SINDASP EM DEFESA DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS DO PRESÍDIO DE PALMARES

O SINDASP-PE concedeu entrevista em defesa dos Agentes Penitenciários, nesta segunda-feira na rádio do município de Palmares -PE. Anteriormente, tinha emitido a nota de repúdio (abaixo) e encaminhado aos órgãos responsáveis.







                                           NOTA DE REPÚDIO

O SINDASP-PE, em apoio aos Agentes Penitenciários lotados no Presídio Dr. Rorinildo da Rocha Leão, localizado à PE 96 Km 01 em Palmares-PE, vem, de público, formalizar veemente repúdio à nefasta veiculação midiática do comando do 10º BPM, que através de veículos de comunicação atribuiu a Unidade Prisional de Palmares, parcela considerável, dos crimes ocorridos na região.
Tudo teria acontecido após revista realizada, pelos agentes penitenciários nas dependências daquela Instituição no dia 11.09.2014, sob o comando do Cel/PM Clinton Paiva(Superintendente de Segurança Penitenciária/SERES), com o apoio da PM e do Grupo Tático Faro de Recife. Diferentemente do propagado na imprensa, A polícia militar não fez revista e muito menos usou cães farejadores, pois esses últimos chegaram atrasados e nem sequer entraram nas dependências revistadas do presídio.Toda a droga apreendida não chegou a pesar 150g;

De acordo com o Major José Pires de Souza Filho, Subcomandante do 10º Batalhão Joaquim Nabuco, essa força-tarefa será responsável pela diminuição do número de ordens de chefes de tráfico saídas direto das celas.  “O resultado da atividade foi excelente. Com isso, conseguiremos desarticular um monte de ordens que saíam da cadeia, em virtude da enorme quantidade de celulares apreendidos”, disse o Major.

Todo apoio no combate ao crime é bem vindo. A polícia militar é nossa irmã. Só não podemos aceitar que ações desenvolvidas pelos Agentes Penitenciários, sejam propagadas pelo comando do 10º BPM como se tivesse sido realizada por sua instituição, deixando margem para sermos questionados pela sociedade quanto ao nosso profissionalismo, honestidade e caráter, como ficou visivelmente manifesto nos comentários site portal PE10 em seu link http://portalpe10.com.br/noticias-intro/4123/policia-apreende-drogas-e-celulares-durante-operacao-em-presidio-de-palmares. Tal atitude, ao nosso entender, além do manifesto e desrespeitoso descompromisso com a verdade, visa tão somente, satisfazer vaidades pessoais, interesses individuais ou até mesmo grupais, mesmo que em detrimento profissionais idôneos. Tanto a profissão quanto os profissionais do sistema penitenciário estão, e devem estar pautados nos princípios da ética da profissão, da moral e dos bons costumes.
Da mesma forma que os cidadãos brasileiros exigem comportamento profissional e ético dos políticos que dirigem a Nação, também a categoria profissional de agentes penitenciários tem o direito de exigir respeito e dignidade na veiculação de propagandas, reportagens, etc, vinculados à nossa profissão. Muitos e muitos anos de esforço e luta se passaram para que o agente penitenciário de Pernambuco fosse respeitado, no exercício do seu míster e tivesse visibilidade no Estado.
Assim, em face da flagrante e explícita, mácula que restou aos agentes penitenciários do Presídio de Palmares,REPUDIAMOS a forma desrespeitosa como à profissão foi exposta e tratada, em decorrência de entrevista do comando do 10º BPM, de forma a exigir pronta retratação, fazemos também do presente REPÚDIO, um reconhecimento aos que, com zelo, ética, dedicação e respeito,  vêm  exercendo  esta profissão. Profissão esta, que teve seu trabalho reconhecido em visita de inspeção  da OABPE em 21.02.2014, a esta unidade:
“Apesar de toda a precariedade conseguimos vislumbrar aqui um trabalho sério dos agentes públicos vinculados ao sistema, notadamente os agentes penitenciários. É preciso, contudo, se investir mais na construção de novos presídios para atacar essa absurda superpopulação carcerária”, destaca o presidente Pedro Henrique Reynaldo Alves.
Assim sendo, foi subscrito:     


Tal nota será encaminhada pelo SINDASP-PE ao Comando Geral da Polícia Militar , setor  responsável pela corporação, bem como a outros órgãos para o referido conhecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário