sexta-feira, 9 de maio de 2014

Conselho Nacional de Justiça vai solicitar ao governo do Estado melhorias nas condições estruturais da rede prisional

De acordo com matéria publicada no Diario de Pernambuco desta sexta-feira, 9, o juiz José Braga Neto do Conselho Nacional de Justiça condenou as péssimas condições estruturais do complexo prisional do Curado (antigo Anibal Bruno). O juiz vai solicitar melhorias nas condições estruturais da rede prisional e novas vagas para detentos. O Jornal Folha de Pernambuco também publicou nesta sexta-feira uma matéria que aponta superlotação no presídio. Atualmente, 6.862 presos estão divididos entre os pavilhões, quando o número de vagas é de 1.466. Isso quer dizer que a quantidade de detentos é 368,07% maior do que a capacidade.

Folha de Pernambuco - Cotidiano - Pág. 2
Diário de Pernambuco - Vida Urbana - a6

Essa situação só vem mostrar, a então necessidade de melhorias não só nas condições estruturais para os detentos, mas na qualidade do trabalho desempenhado por nossa categoria, agentes prisionais. Diante desse quadro, podemos definir o quanto o agente penitenciário trabalha com a precariedade e o risco eminente de um ato de revolta ou rebelião que pode ocorrer a qualquer momento, em uma dessas unidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário