quarta-feira, 19 de junho de 2013

NOTÍCIA DA FOLHA DE PERNAMBUCO DO DIA 19 DE JUNHO DE 2013

Agentes penitenciários realizam paralisação de advertência por 24 horas

Categoria quer inclusão do termo "Servidor Policial Civil", em cumprimento de acordo

18/06/2013 23:06 - Wagner Santos, do FolhaPE
O sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco (Sindasp-PE), decidiu durante uma assembleia realizada na noite desta terça-feira (18), fazer uma paralisação de 24 horas, começando às 0h00 desta quarta-feira (19). De acordo com a categoria, será dado um prazo até o próximo dia 30 de junho, para que seja atendida a reivindicação referente à questão do termo "Servidor Policial Civil". Segundo o presidente do Sindasp-PE, Nivaldo de Oliveira Junior, a paralisação está sendo motivada pelo não cumprimento de um acordo estabelecido desde o ano de 2010, pelo próprio governador Eduardo Campos.
.
De acordo com o decidido, somente os serviços essenciais serão mantidos durante o dia de hoje, como cumprimento de alvará de soltura; mandado de prisão e recolhimento; além de socorros e emergências. Ainda de acordo com o sindicato, os agentes trabalharão em operação padrão, com apenas 30% do efetivo de agentes penitenciários em esquema de rodízio do plantão. Ainda segundo o sindicato, todos os demais ficarão na permanência de suas respectivas unidades prisionais, e os da sede da secretaria-Executiva de Ressocialização ficarão no pátio.
.
Uma das justificativas para a cobrança por parte dos agentes, é de que eles são regidos pelo Estatuto da Polícia Civil do Estado de Pernambuco, e por isso estão requerendo os mesmos direitos. "O que falta agora é o Governo reconhecer essa posição.E essa movimentação é para que o governo se sensibilize com a nossa situação que é insuportável. Precisamos ter os mesmos benefícios dos policiais civis. E é uma total incoerência o que o governador está fazendo conosco", criticou Nivaldo.
.
Ainda de acordo com o sindicato, a inclusão do termo está prevista e em vigência na Lei do Plano de Cargos e Carreiras para a categoria dos Agentes de Segurança Penitenciária. E para isso, o acordo coletivo de 2010, foi assinado pela Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário (Aspepe) e pela Seres, e homologado pelo sindicato.
.
FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário