domingo, 13 de janeiro de 2013

Agente Penitenciário Federal é encontrado morto e tem os olhos arrancados em Mossoró

No final da manhã do dia 19 de dezembro, populares encontraram o corpo de um homem crivado de balas, com as mãos amarradas e sem um dos olhos. Um pouco mais à frente, seu veículo foi encontrado incendiado.

O homem encontrado trata-se do Agente Penitenciário Federal Lucas Barbosa Costa, 23, natural de Teresina (Piauí), estava há três anos trabalhando no Presídio Federal de Mossoró. Ele estava vestido com a farda do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) constataram que o agente estava sem um dos olhos (que segundo a perícia pode ter ocorrido por ação das formigas), com as mãos amarradas e o corpo com mais de 10 perfurações de tiros de pistola, dando a entender, que antes de ser assassinado Lucas Barbosa foi torturado.


Peritos do Itep necropsiaram o corpo do agente ontem à tarde com acompanhamento de uma equipe de legistas da Polícia Federal, enviada pelo Depen para analisar as circunstâncias do crime.

Para o delegado Roberto Moura, que investigará o assassinato, ainda é muito cedo para falar sobre os motivos e quem foram os criminosos. Dois inquéritos policiais, um civil e outro federal serão abertos para investigar o homicídio.

O Presídio Federal de Mossoró abriga 75 presos de alta periculosidade, sendo a sua maioria traficantes cariocas e paulistas, ligados a facções criminosas, entre elas o Primeiro Comando da Capital (PCC).   

Fontes: omossoroense.uol.com.br/policia e diariodocariri.com/noticias

Veja masi fotos neste link: paraibaemqap.com.br/noticia 

Por Diógenes Bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário